06/02/2019 às 17:48 - Atualizado em 12/02/2019 às 11:33

Carteira de identidade para máquinas: qual a utilidade?

divulgação

O agronegócio é o setor mais importante da economia brasileira. Só ele é responsável por 24% do PIB do País. Um dos fatores que garantem essa posição de destaque é o aumento na mecanização do trabalho no campo. Os números do mercado são bastante expressivos. O relatório da Anfavea deste mês aponta que a venda de máquinas agrícolas no mercado interno voltou a crescer em 2018. Foram vendidas 47 mil unidades, um aumento de 12,7% em relação a 2017. Isso representa uma receita de 14,8 bilhões de reais.

Os números sólidos do segmento de maquinários mostram a necessidade de um sistema de informações integrado para dar ao produtor rural a garantia de que ele está fazendo um negócio seguro tanto na compra, quanto na venda de todo equipamento agrícola.

Para atender este mercado, a startup IDMAQ pretende oferecer aos produtores a Carteira de Identidade da Máquina Agrícola. Um documento completo com informações confiáveis que vão ajudar nas operações de compra e venda de máquinas usadas, financiamentos e contratação de seguros.

Com este documento, o produtor também tem acesso a toda Rede IDMAQ, que oferece uma lista de mecânicos cadastrados, oficinas credenciadas, transportadores de máquinas e equipamentos. Ali, ele também pode gerenciar o seu maquinário: tem acesso aos documentos, ao histórico de uso da máquina e aos custos do seus equipamentos.

“A Carteira de Identidade oferecida pela IDMAQ será uma porta de entrada da máquina no mercado brasileiro, trazendo a transparência nos dados daquele equipamento, reduzindo riscos de fraudes, adulterações e roubos. Queremos que o produtor rural se sinta mais protegido no campo, sem medo de investir em equipamentos por problemas de roubos, por exemplo”, destaca o diretor da IDMAQ, Odair Machado.

Fonte: IDMAQ/Assessoria de imprensa http://portalmaquinasagricolas.com.br/carteira-de-identidade-para-maquin...